Páginas

Skins: Terceira Geração

 Aqui estou pra falar mais uma vez da minha série preferida pra vocês. Se quiserem saber mais sobre a série cliquem aqui e aqui porque enrolei muito nos outros posts e hoje vou falar só sobre a terceira geração mesmo (e compará-la, claro).
 A 3ª geração teve baixa audiência e é por isso que Skins foi cancelada, e é a menos querida pelo público. Por quê? Acho que o principal motivo é não ter relação com nenhuma das anteriores (leia-se não tem Effy). Acontece que a maior parte dos fãs de Skins é baba ovo da Effy, ou pelo menos do Tony, ou seja dos Stonem. Só encontrei duas pessoas nesse mundo que não gostam de nenhum dos dois (encontrar é modo de dizer, um comentou isso numa página e outro curtiu meu comentário). A pessoa que comentou, inclusive, disse que a terceira geração é a preferida dela por não ter Stonems, que foderam com as anteriores. E ele tá certo e inclusive isso era uma coisa que me deixava bem animada em começar essa geração, mas mesmo assim a 3ª não virou minha preferida e vou falar o porquê. Eu não tô só sendo implicante por não gostar da Effy, eu realmente já vi gente dizer "Skins não é Skins sem Effy", "Geração boa é geração com Effy". Nada contra quem gosta dela, mas tem gente que sabe ser chata. Até minha amiga que tem a Effy como personagem preferida concorda.
 "Mas Marcelle, só isso? Esse é o único motivo?" Bom, o segundo motivo que talvez seja o mais importante pra muita gente, é o fato dessa geração ser mais "leve" que as outras. Eu mesma li isso antes de começar a ver e comentei no post sobre a segunda geração, mas não concordo e não entendo porque acham que foi tão leve assim. A 3ª geração teve a segunda cena de sexo mais explícita de Skins, no 5x5 Nick, só perde pra do Tony na segunda temporada. Além disso, como eu disse no outro post, na 1ª geração eles só fumavam maconha e tomavam pílulas (e só alguns tomavam, ainda por cima) enquanto na 3ª eles usam cocaína quase toda hora. Então por que a 1ª é mais pesada? O que importa é ter droga o episódio inteiro, não importando se são bem mais leves que as da 3ª geração? Eu não concordo. E tipo, o episódio da Liv foi o ápice chapado de toda a série, vou explicar isso um pouco quando falar da personagem. 
 Vocês já devem saber pelos meus posts que eu sou muito do contra, né? Então como a maioria odiava essa geração eu achava que ia amar. E gostei, mas minha preferida continua sendo a 1ª, e depois vem a 2ª. Skins realmente começou diferente nessa geração, mas não por ter menos drogas e sexo (ok, até o 2º episódio até que sim, mas no terceiro já tem sexo e aliás também não teve sexo tão no começo da 1ª geração, só na 2ª que, vamos falar a verdade, foi bem apelativa), mas por ter personagens que à primeira vista pareciam clichês e por lembrar séries adolescentes muito comuns. No 1º episódio da segunda geração alguns compararam à Malhação por causa do skate, primeiro dia de aula e tal (acho essas comparações entre as duas RIDÍCULAS mesmo gostando de Malhação, mas ok), realmente foi um começo clichê como muitas séries teen fazem, mas o estilo Skins já deixou tudo muito diferente. E nessa geração, nem tanto. No começo essa geração tava me lembrando muito Gossip Girl, sério. A Mini como uma Blair: a mais popular, bitch, julgando as pessoas pelas roupas que elas vestem (isso foi a coisa que mais me irritou, nem a Effy era escrota assim, a Panda usava aquelas roupas estranhas e ela continuava amiga dela). Eu não gostava da Blair no começo (todo fandom de GG me mata agora) e não gostava da Mini também. O Nick como um Nate: namorado da Mini, jogador, bonito e popular também, que transa e se apaixona pela melhor amiga de sua namorada, que seria a Liv (Serena), que por sua vez está apaixonada por outro, Matty (Dan). Mini bulímica assim como a Blair (e nos dois casos mal tocaram no assunto), e com medo de perder a virgindade, porque ela também não ama o Nick. Nick pressionando Mini. Aí Mini transa com Nick, mesmo sabendo da traição e mesmo sem nenhum amar o outro (só que no caso da Blair não foi a 1ª vez). Eu amo GG e já foi minha série preferida, antes de conhecer essa perfeição em forma de série, mas em Skins não tem nada a ver porque eu pelo menos amo por ser a série teen menos clichê e fútil que eu conheço. Eu adoro os personagens complexos e amo não ter panelinha nenhuma, os grupos de amigos de Skins tem todo tipo: a bitch, o nerd, o chato, etc. e mesmo assim eles não são estereotipados. A gente começa a série com pensamentos tipo os da imagem abaixo e acaba vendo que os personagens são bem mais que isso.
adoro a rima meanie Mini  kk
 Aliás, fazem várias imagens parecidas de Skins e são raras as que todos concordam com tudo. Nessa, por exemplo, muita gente achou que o "bitch" deveria estar na Effy e não na Michelle. E o que aconteceu foi que nessa geração os personagens começaram mais estereotipados que nunca (eu li num review que avançaram muito em construção de personagem e só penso: really?) . Tiveram losers nas outras gerações, mas nenhum deles sofreu bullying, fala sério o Sid era o melhor amigo do "mais foda". Enquanto essa já começa com a garota sendo zoada só por ser aluna nova e estranha. Sempre que eu lia sobre esses personagens eu não tinha a menor vontade de assistir. Tipo, um metaleiro, sério? A garota vaca popular? Um caipira? Mas isso é Skins, e como antes, nós vemos que não é bem assim. Sabe o mais engraçado? Eu descobri nesse mesmo review que o roteiro do primeiro episódio é praticamente o mesmo do primeiro de 90210, uma série adolescente bem clichê. E eu ainda tenho que ler que a segunda geração que é puta clichê ¬¬. Sinceramente, viu.
 Apesar do que eu falei sobre essa geração ser a mais renegada, também tem muitos que acham ela a melhor, e mais ainda que preferem ela à segunda. Mas a maioria critica a 2ª geração pelo triângulo amoroso, sendo que a 3º também tem. E pior ainda porque os personagens envolvidos nele nem carisma tem, e não dá vontade de torcer por nenhum dos dois, e também por eles serem IRMÃOS!! Sério que vocês acham que um triângulo amoroso com dois amigos é pior? E não foi só uma vez, por sinal, e os triângulos ainda envolveram outras pessoas. Acontece que isso durava às vezes só um episódio, bem menos enfoque do que na segunda (que eu não acho que tenham focado tanto quanto todo mundo reclama, só na terceira temporada). Ainda tem o triste problema que por causa da audiência (bando de pirralho metido a maconheiro) na 6ª temporada eles extrapolam tudo que não tinham extrapolado antes. É triste porque tá muito na cara a mudança, algumas coisas mudaram drasticamente, como a Franky, que quiseram tornar uma Effy. Todos os acontecimentos do 1º episódio giram em torno de droga, ficou bem forçado. Esse review aqui diz tudo que eu penso sobre o 1º episódio, exceto as ressalvas que eu fiz num comentário. (não preciso nem dizer que vai ter spoilers, né?) Outra coisa forçada que teve, mas a partir da 5ª temporada, foram uns beijos lésbicos sem muito sentido. Não sei se queriam repetir o sucesso de Naomily, acho que não já que nenhum chegou a virar casal, por isso que eu acho mais forçado ainda, parece beijo lésbico em American Pie, a única utilidade que tem é deixar os homens excitados. Tanto os da série, quanto fora. E ainda teve um beijo gay mais sem pé nem cabeça ainda. Outro defeito dessa geração foram os problemas dos personagens, na 1ª e 2ª a gente tinha personagens com problemas muito sérios, e nessa alguns problemas são bobos demais, tipo os do Nick. E o da Liv é até um dos piores, mas perto dos do Chris e do Cook (tô comparando por ela ter ocupado o lugar de vida loka deles nessa geração) não são nada.
  Mas não vamos só criticar, né? A terceira geração teve o final mais fechado de todas, bem diferente daquela caquinha que foi o da 2ª que só dá pra se saber o final de 4 personagens. O final com o Rich dizendo "Bye" deu vontade de chorar, cara. Não só por ser o fim da geração, mas por ser o fim de Skins, o fim de uma "vida". Pra mim é a melhor cena final de geração, seria a da 1ª se não fosse a Effy aparecer na cama do Tony e estragar uma cena perfeita ¬¬'.
 Agora, vamos ver os personagens?
 


 Franky- a principal dessa geração. Muitos discordam disso, e é fato que muitos personagens marcaram mais que ela, mas ela é a protagonista na minha visão porque é a única que apareceu em quase todos os episódios, e com um destaque em grande parte deles. Mas, ela é aquele tipo de protagonista que ninguém gosta, vide Elena de TVD e vide as minhas preferidas das séries :( não vejo TVD mas sempre gosto das protagonistas odiadas e não gosto das amadas (hi, Effy) que acho que se eu visse gostaria dela também. É a protagonista mais odiada de todas as gerações. Eu nem ligava quando diziam isso, pois já tinham odiado os anteriores mesmo (eu até gosto do Tony na 2ª temporada, mas ele ficou mais marcado pra mim como o FDP da 1ª por isso falo tanto isso), um a mais, um a menos, que diferença faz? E advinhem? Essa foi a primeira protagonista que eu gostei desde o começo. (vou a um psiquiatra ver qual é o meu problema) No caso da Franky foi o contrário e todo mundo passa a odiá-la na 6ª temporada, mas eu não chego a isso, mesmo achando que ela piorou mesmo. Só no primeiro episódio, porque ela tava uma chata por motivo algum. Ela começa como uma personagem andrógena, alternativa e virou uma crazy bitch like Effy. Ela é adotada, e filha de pais gays que são muito fofos <3 Será que tem pais gays ruins na ficção? Só vejo fofos. Eu gostei dela desde o começo, e pode parecer estranho, mas me identifiquei com ela. Na minha cabeça eu adoraria ser vaidosa, e uma "Barbie bulímica" como ela chama a Mini, mas eu tô muito mais pra Franky, infelizmente e.e Mas me deu dó dela queimando aquele vestido lindo. Eu acho ela bonita mesmo no começo e não acho as roupas dela tão ruins quanto todo mundo, eu não usaria, mas nela fica bom e adoro a blusa com lacinho aí de cima e tenho até uma parecida. Na 6ª ela deixa crescer o cabelo, e também muda muito a personalidade. Ela e Mini merecem o prêmio de "garotas que viraram ninfomaníacas em menos tempo". Tem um episódio dela que é: sexo-sexo-sexo-discussão-ficando louca-sexo. Mas não acho ela puta como muitas pessoas, não só porque pra mim não existe "vadias" (julgo só pelo caráter), mas também porque mesmo que existissem eu não acho 3 um número muito grande '-'. Mas algumas atitudes de vadia, isso ela teve sim, mas não por ter transado. Achei bem sem-noção tentarem fazer dela uma Effy, talvez se tivessem tentado com a Mini ou a Liv teria dado mais certo, a Franky era a que menos se encaixava, mas ainda prefiro ela e os dramas dela. As pessoas não entendem de onde ela tirou aquelas crises existenciais, mas cara, ela tinha bem mais problemas que a Effy. Ainda tem a questão da sexualidade dela que ficou em aberto por um bom tempo. Ela disse que não é bi, simplesmente gosta de pessoas independente do sexo. Curiosidade: ela é interpretada pela Dakota Blue Richards, a menina de A Bússola de Ouro e assim como o Nicholas Hoult é meio chocante vê-la nesse papel kk, mas eu só penso nisso depois, porque os dois são ótimos atores e nem consigo lembrar enquanto tô assistindo. Sem falar que ela tá bem diferente né kk
reparem na cara de chateada da Mini kkkk

muito verdade huahauahau mas a Mini tinha motivos q












 Mini- como eu falei eu não gostava muito dela no começo, porque odeio pessoas que julgam as outras pela aparência, mas ela fica bem legal e começo a gostar dela. É muito fofo ela cuidando da Franky e foi por isso que pela primeira vez eu shippei duas pessoas que não formam um casal de verdade: as duas. E olhem que eu nem sou dessas que amam casal lésbico, tipo umas menininhas que até acham que são bi por isso --' mas eu queria muito que elas tivessem ficado juntas. Acho melhor que todos os casais que elas tiveram. Ela parece uma mistura de Cassie com Michelle: Michelle por ser a mais popular, a gata, bitch etc. e porque a história delas é basicamente a mesma. As mães das duas vivem trocando de namorado e não dão muita atenção às filhas e os pais são ausentes. E elas têm medo de terminar como elas, e são inseguras, além de se preocuparem demais em estar sempre lindas. E Cassie por causa do distúrbio alimentar, apenas. Eu achei que foi bem mal-trabalhada a bulimia da Mini. Só mostra no episódio dela e nem chega a ficar explícito. Acho que só o que me deu certeza mesmo foi a frase "Garotas boas não engolem" porque tem uma hora que vomita, mas pra mim foi por causa da bebida porque não foi provocado. Tanto no caso dela quanto no da Cassie acho que deviam ter mostrado elas se tratando e tal, Skins é assim, sempre mostra os problemas, nunca as soluções. Eu acharia isso bem mais interessante que só sexo e drogas, além de uns plots bem nada a ver que eles criam. Como eu disse, a Blair também tinha bulimia, e ela foi outra que a bulimia só foi falada em um episódio e fim. NUNCA mostrou ela se tratando, e mesmo assim ela se curou. Acho muito errado. Eu ainda tenho dúvidas se a Cassie continuou anoréxica ou não. Assim, a Mini é uma personagem bem típica pra ter distúrbio alimentar, a Cassie pra mim sempre foi bem diferente nesse quesito. Especialmente porque ela não come não é pra ficar bonita (só 3 dias pra ficar lovely rs), mas pra conseguir atenção e não se sentir tão sozinha. Eu acho a Mini uma boa personagem que cresceu bastante na série, bem mais que a Michelle e a Katie, personagens do mesmo estilo das outras gerações. Mas sempre vou lamentar por não haver Minky, e mesmo gostando do casal que ela vai formar eu acho que tudo aconteceu rápido demais e meio sem sentido, em um episódio tava a fim da Franky e no outro já tinha esquecido .-.  E a Freya é uma das mais lindas de Skins, pessoal vive brigando entre ela e a Kaya.
mas ela vai kkkk











 Rich- meu principal pré-conceito com a terceira geração era por ele. Eu detesto gente que acha que rock é o único estilo musical que presta, imagina um metaleiro então que acha que metal é o único estilo que presta? Aliás, eu acho chato isso com todos os estilos, porque eu sou eclética, e ainda por cima acho metal é uma das únicas coisas que eu não gosto. E ele começou mesmo um metaleiro muito chato, quando ele diz "Agora, ISSO é música" mostra bem o quanto ele não aceita nenhum outro estilo. Ele falando "Eu não me comprometo. Eu sou metal" ou citando o vocalista da Napalm Death lá como exemplo também era um porre. E ele é do tipo que acha isso uma característica essencial em uma pessoa com quem você se relacione romanticamente, o que eu também não concordo muito porque acho que é só a gente respeitar, porque você vai perder muitas oportunidades se quiser alguém igual a você. Tanto é que ele vai se apaixonar por uma garota "oposta" a ele. Mas eu até acho legal ele não querer transar com qualquer uma, e vamos falar a verdade que apesar de gatas aquelas meninas que expulsaram ele da festa por tocar Slayer eram umas idiotas. Mas o que realmente me fez gostar dele foi o namoro dele com a Grace *-*. Eles são o casal mais lindo da série, sério. Na primeira vez que eu escrevi esse post eu tinha dito "não sei se são meus preferidos porque tem outros casais com personagens que eu amo mais, mas o amor deles é lindo e um dos poucos que não teve traição.", mas agora eu acho que são o melhor casal mesmo porque o amor do meu segundo casal preferido não fez muito bem, e o amor deles só fez bem pros dois. Ele é fofo demais com ela, que tipo de namorado recita Shakespeare? ♡ E é até estranho considerado que ele é metaleiro, né? E é isso que eu tava falando sobre os personagens de Skins, ele começou superclichê, mas depois não é o que você espera. Eu tenho um amigo que gosta muito de punk aí um dia eu disse pra ele que ele era o único punk fofo que eu conhecia k, eu digo o mesmo pro Rich. Aliás, ele é o mais fofo de toda a série, junto com o Freddie. Ah sim, ele foi de metal pra indie. Não no estilo musical, mas ele cortou o cabelo e ficou muito parecido com os vocalistas do Arctic Monkeys e dos Strokes, e talvez até um pouco com o Jake Bugg. E bom, eu só acho ele bonito de cabelo curto, mas pra minhas surpresa parece que a maioria das pessoas prefere ele de cabelo comprido. O corte foi uma sacanagem do amigo dele porque ele achou que a Grace fosse gostar, mas não, ela gosta dele daquele jeito mesmo<3 como ela disse "You're my metal man".
essa é pro meu amigo Gui já começar odiando ele e.e detalhe que ele disse isso em 2011 quando a Miley era "pura".



Na verdade, é "você MEIO que representa"
aqui que ele mais lembra os cantores que eu falei

 











 Grace- a coisa mais fofa dessa geração ♡. A mais fofa de todas as gerações é a Cassie, e a primeira palavra que colocam pra Grace falar é "Lovely", odeio essa falta de criatividade dos roteiristas de ficarem reciclando plot e bordão (só não consegue ser pior que os de Glee), mas a Grace realmente é uma fofura. Eu acho o jeito de falar dela parecida com o da Cassie, quando ela disse "Don't be silly", lembrei da Cass dizendo "Don't be stupid". Ela começa como apenas a amiga mais boazinha da Mini. Aí no episódio do Rich que nós descobrimos algumas coisas, assim como no dela. O pai dela é contra o namoro deles e eu acho ele um pai ruim. Assim, eu entendo você ter que proteger seus filhos e tal, mas ele exagera um pouco com a Grace, sem falar que julga o Rich apenas pela aparência né. Bom, a questão é que a Grace vive interpretando papéis, ela é quem cada um precisa que ela seja: a boazinha santinha com os pais, a submissa com a Mini, parece que o Rich é o único com quem ela consegue ser ela mesma, e é muito legal ver ela se soltando com ele. Não que ela seja falsa, ela simplesmente não gosta de magoar as pessoas. Como diz pro Rich, ela é uma história. Talvez o fato de ela amar teatro tenha a ver. Ela entende de moda também, e ainda dança. Tipo, uma menina perfeita <3Ela fica uma metaleira perfeita, e sem falar que ela fica mil vezes mais linda quando solta o cabelo, na 6ª temporada é quando ela tá mais linda.
Grace metaleira. Ela não vira, é só mais um dos papéis dela











 Alo- é o virj dessa geração. Toda geração tem mais de um personagem virgem na verdade, mas tem aquele que a virgindade o atormenta mais e que geralmente demora mais pra perder do que os outros que nem tão ligando muito (injusto né, k) e este é o Alo. O mais irônico é que Alo é o primeiro personagem que mencionam ser bem dotado kkk. Ele é melhor amigo do Rich e várias vezes ele é o culpado do Alo não conseguir nada. Ele mora numa fazenda e é meio esquisito, mas é engraçado e eu gosto dele. E sem falar que ele foi o grande cupido de Rich e Grace então amor eterno a ele *-* Tem gente que diz que ele tenta ser um Chris, mas eu não acho nada a ver, só vejo semelhanças com o Sid mesmo. E gosto dos dois pq tb sou loser, bjs u.u Eu sou a única que não acha ele feio?
essa foto lembra muito o Sid
racho dessa foto kk















Skins e seus personagens precoces kkkk mas dessa vez foi coerente porque existem meninas de 13 anos assim. E ela devia engravidar ou pegar uma doença porque PQP ela disse que nunca usa camisinha '-'
 Liv- a vida loka dessa geração. Sim, pela primeira vez uma menina. E na minha opinião, a personagem mais intensa de todas as temporadas. Porque ela fez uma loucura que nenhum outro teve coragem: ia fugir com uma pessoa que havia acabado de conhecer! E os dois passaram o dia inteiro juntos. Esse é o episódio que eu comentei bem lá em cima, por que tem alguma chance de você fazer isso se tiver juízo? Acho que não. Mas é chapado literalmente também, porque eles ficaram se drogando. E ela tá o tempo inteiro cheirando cocaína. Eu achava ela até legalzinha, mas não gosto mais dela na 6ª temporada, um monte de gente dizendo que ela "só dizia verdades", mas pra mim ela era chata mesmo. Detesto gente que não deixa as pessoas superarem as coisas, que acha que a pessoa tem que ficar sofrendo. Eu não entendo como tem gente que acha o episódio dela o único bom da 6ª temporada ou o melhor (já li até o melhor da série!), eu me irritei e ficava pausando toda hora. Outra coisa que me incomoda na Liv é o quanto ela ficava se humilhando pro Matty, vocês vão ver na foto aí embaixo. Sem falar na hipocrisia de falar que a Franky é vadia. Ela é melhor amiga da Mini e da Grace e na verdade, a amizade delas é bem legal, é muito legal esse momento da foto de baixo haha. A Franky é Crazy Bitch, é que ela só chegou depois. E a Grace não é nem um pouco bitch em nenhum sentido, mas não deixa de ser bonitinho. Engraçado que eu odiava amigas que se chamam dessas coisas, mas eu gostei em Skins e eu mesma ando falando  bitch toda hora, não sei se vocês perceberam q. Muita gente acha ela IGUAL a Jal e vivem fazendo piadinhas tipo "É a Jal... não, pera" mas cara, a Jal é 500 vezes mais bonita '-' de vez em quando elas até são parecidas, mas só um pouco, nunca o suficiente pra se confundir.
dignidade pra quê, né?













 
o episódio que eu falei

 Nick- o namorado da Mini. Ele não tem lá uma grande importância na série, já disse que ele é jogador, era bem besta no começo, mas na 6ª temporada deu uma melhorada. Ele tem um irmão chamado Matty, que eu vou falar sobre ele aqui mesmo porque se ele não teve um episódio só pra si também não vai ter um espaço só pra si aqui no post. Gente, o Matty simplesmente conseguiu ser mais who que o Anwar! O Anwar teve que dividir um episódio com o Maxxie, mas o Matty nem isso. Aliás, na 3ª geração só teve um episódio pra dois personagens juntos, igual na 2ª. Até o Alex, um personagem que só entra na 6ª temporada e não acrescenta nada à história tem um episódio dele e o Matty nada. Eu gostava do Matty no começo, achei ele gato e mais bonito que o irmão, ainda tinha algo de misterioso nele, o Nick disse que ele era um psicopata :O e eu pensei que pela primeira vez estava gostando de um psicopata em Skins (ou de qualquer série), apesar de eu não considerar muito os outros que tiveram como psicopatas. Até shippei ele com a Franky. Mas o ator que faz o Matty é muito ruim '-' e olha que pra eu falar isso é porque é muito mesmo porque eu não sei julgar atuação. Ele não tem expressão. O Matty fica com aquela cara de psicopata em simplesmente todas as cenas, até quando é pra ser fofo ou coisa do tipo. E ele nem sequer era um psicopata de verdade. Aí na 6ª temporada eu comecei a gostar mais do Nick que dele (e achar que ele é que é mais bonito), ainda teve o bônus que o Matty ficou chatíssimo se arrastando pela Franky. E ela tinha terminado com ele e ele continuava chamando ela de namorada e falando como se ainda fossem, ai.
 Trilha Sonora
  A trilha sonora continua muito boa. Logo no primeiro episódio já começou bem, com Fergie, Blondie e Frankie Goes To Hollywood (adorei o trocadilho que fizeram com a Franky kk). A do 2º episódio eu não gostei, porque era o do Rich e eu não gosto de metal, mas pra quem gosta é ótima e no 3º da Mini voltou a ficar diva de novo <3. Aliás, isso foi uma coisa bem legal da trilha da 3ª geração, os episódios tocam músicas que tem a ver com o personagem em questão. Tipo, como a Frank ainda era alternativa tocaram várias músicas desconhecidas e mesmo depois que ela ficou popular tocavam umas músicas meio estranhas, porque ela ainda era estranha k. Tipo Zola Jesus, cantora que eu já conhecia da MTV. E no segundo como era do Rich claro que tocou muito metal. O episódio da Mini tocou muito pop porque é a cara dela, e o episódio do Alo teve muita eletrônica e dubstep. E Bad Girls da M.I.A pra Liv. Eu disse que a 1ª temporada era bem indie, a segunda mais pop (tanto o estilo, quanto de músicas mais populares) e essa eu não saberia dizer o que predominou mais, até porque como eu disse, foi bem eclético. Fiz essa playlist abaixo com as músicas que eu gosto que tocaram na 3ª geração. Eu tive até que me cadastrar nesse site e gastei um tempão montando então POR FAVOR ouçam. É só dar play e deixar minimizado e ir fazendo outras coisas. Eu fiz isso porque acho que ninguém clicava nos links das músicas. Você também pode clicar aqui pra ver a play. Eu coloquei na ordem dos episódios, tentei pôr na ordem das cenas mas em alguns não deu, tem alguns episódios que eu não pus nenhuma música e o único episódio fora de ordem é o último da quinta temporada porque eu tinha esquecido dele.

Skins 3rd generation by Marcelle Marques Flores Acosta on Grooveshark
 Como as antigas gerações, essa também teve partes musicais. Teve o encerramento da  5ª temporada com a banda Dog is Dead cantando Glockenspiel Song, e até os personagens cantando uma parte que virou tipo hino. Alo e Rich tem uma banda chamada Fuck Norris e eles cantaram duas músicas: Filthy Woman e We Are One. E também a cena clássica de Alo e Poppy dançando Hello no Just Dance. Como eu já tinha comentado aqui, a partir da 4ª temporada a música de abertura é remixada e esse remix vai se agravando nas temporadas seguintes, muita gente acha que ficou horrível, mas eu gosto. E sobre os trailers, pra mim o melhor é o 2 porque consegue ser artístico como o 5, ter festa igual o 1º e ainda passar um pouco do que vai acontecer na temporada, ser sem óbvio como o 4 e o 6 que pra mim são os piores. E depois 5>1>3. Tô contando sem o 7. E, ah, o trailer de Skins US também é muito bom, acho que ficaria entre o 1 e o 3.



É isso, gente. Espero que vocês tenham aguentado ler o post todo, rs. Falem qual a geração preferida de vocês, ou vão logo assistir Skins! Beijos.

30 comentários:

  1. Ameei! Comecei a assistir Skins graças ao seu blog (<3) e não me arrependi. Uma das minhas séries preferidas! A minha geração favorita é a segunda, e depois a terceira, acredita?

    Beijos!
    Mila.

    www.delamila.com

    ResponderExcluir
  2. Nunca assisti a terceira geração, pois achei o primeiro episódio beeeeem boring, e me parecia uma série americana clichê com esses lance de turminha, as populares, a menina esquisistranha, os losers e tals. Pra ser bem sincero, nem pretendo assistir.

    Eu acho essa pagação de pau pra Effy um saco também, apesar de gostar dela (e vamos combinar que a Kaya a interpretando consegue deixa-la muito interessante, pois a Kaya realmente se entrega. A quarta temporada que o diga.) E bem... como eu disse nas minhas postagem sobre Skins, eu amo o Tony por simplesmente me enxergar nele.

    Desculpe, mas não li toda sua postagem pelo fato de não ter assistido a 3G e nem ter interesse. E vai que um dia eu subitamente deseje assisti-la, eu não terei pego algum spoiler aqui.

    Um abraço, Marcela! Até mais, amiga!

    ResponderExcluir
  3. Hey
    Eu só assisti a primeira season dessa série, o Banco de séries está até com maratona, se eu terminar Downton Abbey antes, eu pego ela tb haha

    Riindo demais com a cap do menino falando da Miley Cyrus kkkkkk

    Ah a Effy era minha fav, pelos episódios que assisti. Sem ela, deve ser estranho =/

    Ótima indicação.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Olá, sempre ouvi falar dessa série mas nunca me interessei em assistir, pelo menos não até agora, nunca vi um post tão detalhado e bem escrito como esse, adorei, e com certeza começarei a assistir, amei seu blog ele é lindo.
    Beijos e sucesso
    http://comovejoomundo-br.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho o cabelo parecido com o da Grace, e amei saber disso :)
    Um beijo :)

    Www.menin4ironic4.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. eu vi todas as temporadas e minha geração favorita é a primeira rsrsrs mas todas são boas

    ResponderExcluir
  7. Você é uma estúpida que não aceita que a terceira geração só não teve um bom empenho por sua história entediante e personagens fracos. E além do mais quer bancar a intelectual dizendo odiar a Effy. Filha, acorda, o que mais tem hoje é gente fingindo odiar a Effy pra tentar se ''diferenciar'' entre o fandom. É muito relativo, mas, aceite, Effy foi a melhor personagem de skins SIM, Ela pisa na Franky, pisa na Mini, e em qualquer outro personagem zzzzzzzz da terceira geração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me poupe, eu não tenho que aceitar nada. Ela é uma bosta de personagem isso sim, em cada temporada é de um jeito, personagens bons são personagens bem construídos coisa que ela passa longe de ser. Tô nem aí se tem muita gente que também não gosta da Effy, ainda assim vou falar isso em todo post que eu fizer sobre Skins, obrigada de nada

      Excluir
  8. Infelizmente você foi uma de vários que não entenderam a história da Effy. Por exemplo, pra você por que Effy não falava? Por que Effy enlouqueceu com Freddie? Você acha mesmo que a Effy era uma vadia? Isso que dá não prestar direito atenção nos episódios.

    ResponderExcluir
  9. Eu concordo com a maioria das coisas que você disse.
    Eu acho as 3 gerações incriveis.
    Acho que as pessoas deveriam tentar se encaixar/se sentir no lugar do personagem invés de ficar enchendo o saco falando que tal personagem é chato, idiota ou tal personagem da 3 geraçao imita algum personagem de outra geração. Me poupe!
    Essa é vida, a série mostra a realidade. Queria algo diferente tipo o que? A terceira geração toda é abduzida por ET's??? eu ein. E a terceira geração não deixa nada a desejar. Total realidade: gravidez na adolescencia, problemas familiares, drogas, morte, culturas diferentes...
    Eu comecei a achar a serie interessante desde o primeiro minuto, a Franky sempre foi muito interessante. E nossa, vocÊ esqueceu de falar do Luke! O loiro gato que aparece na 6x01.. Eu queria muito que ele e Franks ficassem juntos. Mas realmente teve que acabar ne.. o garoto foi ficando louco demais. <\3
    Essa serie e pra quem tem cabeça e possa entender tudo. Tem muita criancinha metida a vivida falando merda da serie.
    E ok, a Kaya e linda maravilhosa?! : sim! .... Mas isso não significa que nada mais possa ser bom sem ela e que tenha que pelar o saco dela pro resto da vida.
    So não escrevo mais pq meu teclado ta um lixo! Hahaha.. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, muito obrigada!
      Eu não falei do Luke porque ele apareceu muito pouco, nem do Alex eu quis falar e olha que ele foi personagem fixo na 6ª temporada (pq tb eu não gosto dele na verdade e acho que ele não fez nada na série). Eu também shippei os dois um pouco, mas odiava ele por causa da Grace. E realmente ele fudeu com tudo mais ainda no final. Bjs!

      Excluir
    2. Tinha até esquecido do Alex hahaha. Ahz eu achava ele maneiro! A relação dele com a avó era uma graça.
      Também tinha esquecido que a morte da Grace foi meio que causada pelo Luke... É que eu acho a relação que rolou entre ele e a Franky tão <3, que me fez deixar tudo pra trás. Me fez até esquecer que ela foi super escrota com o Matty, Que eu também achava eles juntos muito fofos. Já sabia que algo ia rolar desde a primeira cena que ele aparece e fala com a franky!

      Excluir
  10. Já assisti da 1ª a 4ª temporada algumas vezes e estava resistindo a assistir a 5ª.
    Assisti agora a 5 temporada. Sofrível.
    Não gostei.
    Tanto a trama quanto o elenco (principalmente) deixaram a desejar se comparado as 2 primeiras gerações.
    Quando eles estão juntos, não parecem um grupo de amigos, eles apenas estão ali.
    O elenco não tem carisma nenhum.
    O comportamento dos personagens é bastante confuso e toda hora eles mudam a atitude. Hora eles se amam, hora se odeiam.
    Não foi a toa que a ultima geração não continuou fazendo sucesso.

    Quanto ao que foi dito de Effy e Tony, mesmo que fossem tão bons assim, não tem como uma serie fazer o sucesso que fez com apenas um personagem, portanto, o sucesso da 1ª e 2ª geração não cai apenas sobre eles e sim sobre todo o elenco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo muuito a 3 geração.. Tanto é que já assisti 2 vezes a 5/6 temporada.. E foi a única geração que me fez chorar. Não é legal chorar hahah, porém mostra que foi comovente.
      E sobre uma hora se amar e outra, se odiar: eu acho super normal e por isso acho essa geração mais realística. Quem anda ou andou com um grupo de amigos sabe que isso é super normal. Ninguém é perfeito e não existe amizade perfeita..sempre vai rolar brigas e tal.
      A personagem que eu tinha raiva era a effy. Sempre pagando de misteriosa e sacaneando o cook(<3) e o freddie (também não curtia mt ele). Mas na 7a temporada me apaixonei por ela.
      Mas no final de tudo.. Não posso falar que não gosto de nenhum personagem! Eu amo skins, acho uma série incrível e que não deveria ter fim ;l

      Excluir
  11. Meus personagens preferidos (feminino e masculino) de cada geração >>>>
    Ps:: A EFFY É TIPO SECUNDARIA NA 1º , ou seja, é mais da 2º

    1º geração >>> Sid & Cassie
    2º geração >>> Cook & Effy
    3º geração >>> Rick & Franky

    <3

    ResponderExcluir
  12. A segunda é a melhor ❤️ chorei tanto com o Cook ❤️😍

    ResponderExcluir
  13. A geração preferida é a primeira,e depois a segunda e vem a terceira.o Meu personagem preferido é a Cassie.Veja os meus personagens mais inesquecíveis
    1° Geração;Cassie e Sid
    2° Geração;Effy e Naomi
    3° Geração;Rich e Grace

    ResponderExcluir
  14. Respostas
    1. own, brigada :3 eu ando enfrentando uns comentários bem chatos, e tava com medo do seu, então foi tão ótimo ler isso.

      Excluir
  15. Acabei de terminar de assistir a 1 geração vou sentir muita falta dessa turma...

    ResponderExcluir
  16. Olha me desculpe, mas vc julgou o Richard por ser um metaleiro, e acha ridículo pessoas que se fecham para um estilo e critica os outros?? Vc disse que odeia metal mas vc já ouviu? já procurou bandas? Já se interessou em saber mais sobre o Rock? Vc tá fazendo a mesma coisa que disse discordar. Criticou pessoas que não gostam de outros estilos, sem conhecer o que o metal representa de verdade. Lamentável.Vc disse que o Richard tem preconceito mas vc msm tá sendo preconceituosa com quem curte metal. Um metaleiro pode muito bem ter ouvido outros estilos musicais e não ter gostado, seja mais flexível.

    ResponderExcluir
  17. Outra coisa que eu não entendi foi o fato de vc falar que o fato do Rich ser fofo com a Grace é estranho pelo fato de ele ser um metaleiro. Então quer dizer que uma pessoa que curte metal não pode ter humildade? Não pode ser gente boa? Infelizmente muita gente julga quem curte Metal dessa forma sem nem saber o que o estilo representa. Gosto musical não define personalidade de ninguém. Meu estilo musical preferido é o metal e tenho muitos amigos tbm fãs de heavy metal que são pessoas maravilhosas. Sem querer ofender, eu gosto muito do seu blog, mas não consegui entender isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez eu tenha algum preconceito com metaleiros sim, mas porque a maioria deles julgam todos os outros estilos e acham que só metal presta. Com pessoas que não façam isso, eu não tenho nada contra. E sobre ele ser fofo, eu não vi problema na hora, desculpa se você se ofendeu. Deve ser apenas uma impressão de serem mais agressivos, mas não tem NADA a ver com humildade, é simplesmente de ser fofinho, romântico. Mas enfim, que bom que o Rich quebrou o conceito que eu tinha.

      Excluir
  18. Amei seu post
    Conheço skins faz tempo e amo muito a Franky :v
    Esse pessoal que te críticou é apenas gente idiota mesmi

    ResponderExcluir
  19. partilho de muitas de tuas opiniões;pra começar amei a primeira temporada achei a série muito original(quem diria né ?) achei que seria mais uma série enlatado americano com todo aquele besteiro High school musical,é claro que fiquei no chão quando decidiram matar o Chris, o qual me encantou muito com sua inocência cômica quase beirando a burrice,mas quem diria que Chris sabia do seu fim,vivendo em constante queda livre; a verdade é que estou receosa com essa terceira temporada sempre gostei na mesma proporção de todos os personagens da primeira sem favoritismo, todos com as suas problemáticas e se construindo e reconstruindo nos enlaços de suas amizades;é por isso que entendo quando tu fala da pagação de pau que as pessoas tem pelo Tony e Effy, de certo em mundo de hoje que vale mais quem gosta menos,demonstra menos é certo que tais personagens viraram lendas pra maioria dos jovens, por essa maneira antissentimental,manipuladora,o que pra mim é assustador as vezes,mas acho que a serie tentou forçar um pouco de ''fodismo'' neles que não caiu em mim, não que eu não goste dos dois; amo skins,e o que faz essa série ser essa série é a amizade, construida por um elenco como um todo;espero poder assistir a terceira temporada sem remorso.

    ResponderExcluir
  20. Realmente é uma série que me surpreendeu muito, fugindo totalmente do padrão do gênero. pra mim a melhor também é a primeira geração, mas a fotografia e o cenário da terceira fez eu me apaixonar por ela. Às vezes até esquecia que a história tava chata.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.